Meu cônjuge cometeu um adultério, o que eu faço agora?


Entenda que, o adultério é um pecado tal qual outro qualquer (Ex 20:14), e o mesmo carece de perdão, arrependimento e abandono.


Normalmente, tratamos o adultério como um pecado imperdoavel, simplesmente porque entendemos que o cônjuge pecou contra nós, e se na verdade fosse assim, o mesmo seria um problema fácil de resolver, pois bastaria o nosso perdão e estaria tudo resolvido.


Entretanto, o adultério trata-se de um pecado que o seu cônjuge cometeu contra o próprio corpo (1Co 6:18), afastando assim a presença do Espírito Santo de sua própria vida (1Co 6:19) e o mesmo precisa urgentemente da misericórida e o perdão do Senhor.


O seu papel nesse momento, é entender que não se trata de um pecado contra você, e sim contra ele próprio. Seu cônjuge está em trevas e precisa de luz para enxergar o que está fazendo com a própria vida. E diante dessa necessidade de misericórdia, quem seria a pessoa mais indicada?


Segundo a própria bíblia, o cônjuge traído é o mais indicado a ajudar o cônjuge traidor, pois trata-se do propósito de Deus para a constituição de um casamento piedoso (Ml 2:15).


Além disso, leve em conta que com o adultério de seu cônjuge, o mesmo precisa do perdão e da misericórdia de Deus, pois os adulteros não herdarão o Reino dos Céus (Ef 5:5). Sendo assim, do que adianta você dedicar sua vida para convencer a outros da misericórdia de Cristo e deixar perder os da própria casa?

Todo casamento tem solução, independente do que causou a separação, de quanto tempo já passou, ou se o teu cônjuge já casou com outra pessoa.

modelo 1.png